Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Inês Bonfim Madeira

Apaixonada por livros, música e frases que mudam vidas. © Inês Bonfim Madeira Textos e Imagens

Inês Bonfim Madeira

Apaixonada por livros, música e frases que mudam vidas. © Inês Bonfim Madeira Textos e Imagens

A vista da janela

05082012712.jpg

 

Debrucei-me sobre o parapeito da janela.

A praça estava cheia. Turistas, pessoas da terra, idosos que tentavam acompanhar crianças. Terminavam o almoço e passeavam pela vila.

Ouvi passos atrás de mim. Abraçaste-me e encostei-me a ti. O meu lugar seguro. Perfeito.

Ficámos a olhar sem ver realmente um miúdo que corria com um cão e meia dúzia de estudantes que se assemelhavam a um bando de aves agoirentas com os seus mantos negros num dia de verão.

Era um dos nossos passatempos preferidos. Espreitar pela janelinha as pessoas que por ali caminhavam. Não era a maior da casa, mas o seu posicionamento tornava-a ideal para nos entretermos com a vida do lado de fora.

Inventávamos histórias, planeávamos as suas vidas, riamo-nos com as hipóteses cada vez mais rebuscadas que conjeturávamos.

Perguntava-me se quem nos via também imaginava um enredo para nós.

O que diriam do jovem casal que perdia a conta das horas empoleirado no parapeito da janela?

Será que quem se sentava na esplanada ao fim da tarde reparava em nós? Naquelas duas figurinhas recortadas contra a luz incandescente do entardecer? Ou nem notariam a pequena abertura num edifício tão grande?

Às vezes íamos para a praça e não resistia a olhar na direção do nosso esconderijo. Agradava-me ter a outra perspetiva. Como se trocasse, mais do que de lugar, de vida.

Apanhavas-me a semicerrar os olhos e eu abanava a cabeça. Não podia evitar.

Mas quando voltávamos a subir os dois lances de escadas e abríamos o vidro da janelinha que nunca cobria com as portadas, depressa esquecia as fantasias. A melhor fantasia era estar ali. Contigo. E, nem por todas as vidas que pudesse sonhar, alguma vez trocaria aquela que tinha.

 

De Inês Bonfim Madeira

2 comentários

  • As coisas mais simples são as melhores.
    Obrigada pela visita!
  • Comentar:

    Mais

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.